01 março 2008

Minha defesa de doutorado

Meus amigos,

Quero compartilhar com vocês a defesa do meu doutoramento, que vai ocorrer na Universidade do Vale do Rio dos Sinos, em 28 de março. Segue neste post informações sobre a pesquisa e os participantes da banca. Desde já, quero agradecer a cada um dos membros da banca e, especialmente, a meu orientador. Grande investigador dos processos comunicacionais e um humanista incondicional! Obrigado, Efendy!

Juciano

Segue as informações e o resumo da tese:

Ambiências comunicacionais e vivências midiáticas digitais

Conexões e sentidos entre espacialidades pessoais, arquitetônicas e digitais: um estudo da experiência dos internautas em telecentros de acesso público gratuito dos projetos Paranavegar e Faróis do Saber – Curitiba (PR)

BANCA EXAMINADORA
Prof. Dr. Bruno Fuser (UFJF)
Prof. Dr. Theóphilos Rifiotis (UFSC)
Profa. Dra. Suely Fragoso (UNISINOS)
Prof. Dr. Fabrício Silveira (UNISINOS)
Prof. Dr. Alberto Efendy Maldonado (UNISINOS) Orientador

RESUMO

Esta pesquisa se propôs a descrever e interpretar a ambiência midiático-comunicacional dos telecentros de acesso público e gratuito e as vivências midiáticas digitais de internautas participantes das experiências de inclusão digital dos projetos Faróis do Saber, da Prefeitura Municipal de Curitiba, e Paranavegar, do Governo Estadual do Paraná. A ambiência midiático-comunicacional e as vivências midiáticas digitais foram caracterizadas a partir das significações produzidas pelos internautas na vivência cotidiana das condições materiais e simbólicas que constituíam os espaços de telecentros. Definimos como recorte empírico duas experiências de inclusão digital, uma municipal e outra estadual, por ambas serem definidas como projetos de inclusão digital de iniciativa pública, no panorama latino-americano da Sociedade da Informação. O primeiro movimento foi a caracterização da ambiência midiático-comunicacional a partir das relações construídas entre as espacialidades pessoais, física e digital nos telecentros observados durante a investigação. Procuramos, ainda, estabelecer relações entre o cotidiano do internauta e suas vivências da espacialidade digital. E, por fim, identificar e interpretar transformações ou distinções em suas vivências midiáticas em relação a sua experiência digital. Para concretizar os objetivos da investigação, desenvolvemos uma articulação plurimetodológica de webgrafia, midiografia dos espaços/tempos dos telecentros e entrevista em profundidade com enfoque na história de vida midiática dos internautas. A articulação entre os dados obtidos, os objetivos da investigação e o diálogo com as proposições teóricas possibilitaram, na análise, identificar uma complexa ecologia conversacional digital na ambiência dos telecentros.

Palavras-chave: ambiência midiático-comunicacional, midiatização digital, telecentros, processos socioculturais, inclusão digital.

RESUMEN

Esta investigacion se propuso a describir e interpretar la ambiencia mediático-comunicacional de los telecentros de acceso público y gratuito y las vivencias mediaticas digitales de los internautas participantes en experiencias de inclusión digital de los proyectos Faróis do Saber, del Gobierno Municipal de Curitiba, y Paranavegar, del Gobierno de la Provincia de Paraná. La ambiencia mediático-comunicacional y las vivencias mediáticas digitales fueron caracterizadas a partir de las significaciones producidas por los internautas en su vivencia cotidiana de las condiciones materiales y simbólicas que constituían los espacios de telecentros. Definimos como recorte empírico dos experiencias de inclusión digital, una municipal y outra departamental, una vez que són definidas como proyectos de inclusión digital de iniciativa pública, en el panorama latinoamericano de la Sociedad de la Información. El primero movimiento fue el de caracterizar la ambiencia mediático-comunicacional a partir de las relaciones construidas entre las espacialidades personales, física y digital en los telecentros observados en el período de investigación. Procuramos, todavía, establecer relaciones entre el cotidiano del internauta y sus vivencias de la espacialidad digital. Y, al final, identificar y interpretar transformaciones o distinciones en sus vivencias mediáticas en relación a su experiencia digital. Para concretizar los objetivos de la investigacíon, desarrollamos una articulación plurimetodológica de webgrafia, mediografia de los espacios/tiempos de los telecentros y entrevista en profundidad con enfoque en la história de vida mediática de los internautas. La articulación entre los dados logrados, los objetivos de la investigación y el diálogo con las proposiciones teóricas han posibilitado, en el analise, identificar una compleja ecologia conversacional digital en la ambiencia de los telecentros.

Palabras-clave: ambiencia mediático-comunicacional, mediatización digital, telecentros, procesos socioculturales, inclusión digital.

ABSTRACT

This investigation seted out to describe and to interpret the mediatic-communicational ambiency of the telecenters of public and gratuitous access and the digital mediatics experiences of the participant internauts in experiences of digital inclusion of the Faróis do Saber Project, of the Municipal Government of Curitiba, and Paranavegar Project, of the Government of the Province of Parana. The mediatic-communicational ambience and the digital mediatic experiences were characterized from the meanings produced by the internauts in their daily experience of the material and symbolic conditions that constituted the spaces of telecenters. We define as empirical clipping two experiences of digital inclusion, one municipal theatre and another state one, for both to be definite as projects of digital inclusion of public initiative, in the Latin American panorama of the Society of the Information. The first movement was the one to characterize the mediatic-communicational ambience from the relations constructed between the personal, physical and digital spaces in the telecenters observed in the period of investigation. We tried, still, to establish relations between daily of the internaut and the their experiences of the digital space. And, in the end, to identify and to interpret transformations or distinctions in its mediatic experiences in relation to its digital experience. In order to concretizar the objectives of investigation, we developed a plural methodolo¬gy joint of webgraphy, mediagraphy of the space/time of the telecenters and interviews in depth with approach in of mediatic history life of the internauts. The joint between the obtained dices, the objectives of the investigation and the dialogue with the theoretical proposals has made possible, in analise, to identify complex digital conversational ecology in the ambience of the telecenters.

Key-Words: mediatic-communicational ambiency, digital mediation, telecenters, sociocultural processes, digital inclusion.

Marcadores: , , , ,

1 Comments:

Blogger Turista acidental said...

Juciano q notícia maravilhosa, tanto pela conclusao qto pelo objeto estudado. Vou fazer todo o possivel para assistir essa defesa.

Abraço.

sáb mar 01, 10:42:00 PM 2008  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home