22 junho 2007

Fórum Mundial de Editores destaca novas mídias

Algumas conclusões do Fórum Mundial de Editores realizado na Cidade do Cabo - África do Sul, podem suscitar reflexões sobre o ensino do Jornalismo, Nova tecnologias e Contextualização do assuntos publicados na mídia.
Segundo os editores, se fossem investir em qualidade editorial, a maioria deles e também executivos de jornais iria treinar seus jornalistas em novas mídias. Em 2o lugar, investiriam em mais opinião e mais análise. Os dados são resultado de uma pesquisa realizada com 435 editores e executivos de jornais e apresentada durante o Fórum. 66% dos entrevistados acreditam que as paginas de opinião e análise vão crescer progressivamente em importância.
No geral, os pesquisados revelaram otimismo - 79% disseram que as novas mídias são um fato positivo e 40% disseram que em 10 anos a leitura de noticias online será a maneira mais comum de consumir conteúdo jornalístico.
Quase a metade respondeu que espera que a maior parte do conteúdo de noticias - impresso ou online - vá ser gratuito no futuro. Embora 1/3 dos entrevistados veja os jornais gratuitos como uma novidade bem vinda, 29% encaram como uma ameaça. Para 51%, a qualidade do jornalismo em geral vai melhorar.

Marcio Ferreira
Do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ), por mail.

Leia também artigo de Luciano Martins Costa, publicado no Observatório da Imprensa.

Marcadores: , , ,

1 Comments:

Anonymous pierreporto said...

Olá, pessoal! Aos editores e leitores aqui do blog: sensacional o papo no Ao Ponto, do Canal Futura, que debateu o tema "As imagens falam", especialmente pela participação do antropólogo Hermano Vianna e do diretor de arte e designer Grinco Cardia. Dêem um pulinho lá no site quando tiverem um tempo.
abração
http://www.aoponto.org.br

seg jun 25, 07:18:00 AM 2007  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home